Frase do Dia:




::Deixe seu recado::





::[Contra]-Informação::











...o que passou...
- 30/07/2006 a 05/08/2006
- 29/01/2006 a 04/02/2006
- 25/09/2005 a 01/10/2005
- 10/07/2005 a 16/07/2005
- 26/06/2005 a 02/07/2005
- 19/06/2005 a 25/06/2005
- 12/06/2005 a 18/06/2005
- 22/05/2005 a 28/05/2005
- 15/05/2005 a 21/05/2005
- 08/05/2005 a 14/05/2005
- 24/04/2005 a 30/04/2005
- 17/04/2005 a 23/04/2005
- 27/03/2005 a 02/04/2005
- 20/03/2005 a 26/03/2005
- 13/03/2005 a 19/03/2005
- 06/03/2005 a 12/03/2005
- 27/02/2005 a 05/03/2005
- 20/02/2005 a 26/02/2005
- 13/02/2005 a 19/02/2005
- 06/02/2005 a 12/02/2005
- 30/01/2005 a 05/02/2005
- 23/01/2005 a 29/01/2005
- 16/01/2005 a 22/01/2005
- 09/01/2005 a 15/01/2005
- 02/01/2005 a 08/01/2005





 

Pseudo liberdade

Desde cedo somos submetidos à códigos, conjunto de leis, regras injustas impostas por uma espécie de "facção de homens" que detém o poder, concedidos por nós mesmos; escravos inúteis acorrentados em nossas próprias mentes alienadas; subjugados, condicionados a aceitar os fatos, mesmo sabendo que a situação não nos convém, mesmo com a certeza de que somos manipulados a todo momento, até em nossos sonhos.

Esse é o papel do estado, manipular e subjugar o povo através da TV, da propaganda hipócrita, da religião e seu falso deus, e com sua falsa demagogia dando a esperança de que o dia de amanhã será melhor, de que através da guerra a paz será conquistada, incentivando o povo ao consumismo desenfreado, difundindo o culto à imagem e o materialismo como a solução para os problemas, estabelecendo esta pseudo-democracia, dando a falsa impressão ao povo de que são livres e detém total controle sobre suas vidas quando na verdade estão sujeitos aos caprichos de um conjunto de homens corruptos, hipócritas os quais não pensam em seus semelhantes e sim no poder.

Votar, pagar impostos, estudar, trabalhar, consumir, servir, enfim, estes e tantos outros exemplos compõem a vida de um mero cidadão corrompido pela sociedade hipócrita, tendo de se sujeitar a um infame estado o qual só sabe sugar a vida dos indivíduos sem nada lhes dar em troca, a não ser a escravidão.

Porque eu tenho de viver numa sociedade assim? Porque eu, mesmo tendo a consciência de toda esta patifaria, vendo toda a verdade, sou considerado o louco? Talvez loucura seja sinônimo de liberdade. Se for assim prefiro ser o mais insano dentre excêntricos, vivendo à margem de tudo e de todos; libertino; insurgente; revoltado...louco, mas feliz de não viver em meio à hipocrisia.

Não quero dinheiro, fama, ibope, carro do ano, roupa da moda. Quero a minha liberdade; quero poder andar por aí sem sentir asco desta sociedade injusta e cruel que desde que me conheço por gente tenta me alienar. Posso não Ter a liberdade de fazer o que quero, mas tenho a minha mente livre, e é isso que me faz sentir humano, e não um mero boneco, uma marionete controlada pelo sistema.

Tem uma frase que eu prezo muito, que eu vi no filme "O clube da luta", que é a seguinte: "Nós somos os filhos do meio da história, sem propósito ou lugar. Não tivemos Grande Guerra, não tivemos Grande Depressão. Nossa Grande Guerra é a guerra espiritual, nossa Grande Depressão é a nossa vida."

Realmente, somos filhos do meio da história, vivemos o pior momento. Hoje todos são iguais, todos submetidos ao mesmo tirano. Vivemos numa ditadura, num neofascismo camuflado onde ninguém tem opinião. Pelo menos antes poderíamos lutar, morrer por nossos ideais. Hoje não temos Che Guevara, Lênin, Sandino. Hoje não temos revolução, não temos ideologias. A única ideologia é a que eu citei acima: "Votar, pagar impostos, estudar, trabalhar, consumir, servir, enfim, estes e tantos outros exemplos".... Existe algo além disso? Não!!! Por isso temos de nos conscientizar e nos livrarmos do jugo deste estado déspota o qual vivemos.



- Postado por: Juninho às 18h37
[ ] [ envie esta mensagem ]

______________________________________________







* :::JuNiNhO:::*


Viva a Contracultura